Arautos em Portugal

Arautos do Evangelho – Associação Internacional de Direito Pontifício

By

800 anos da fundação das Imãs Clarissas

AEA_1008

Vivem em contemplação e encontram na clausura o caminho para a verdadeira liberdade dos filhos de Deus: As Irmãs Clarissas! São elas um ramo da grande família franciscana, que existe actualmente em inúmeras nações por todo o mundo e celebra, neste ano, o seu 800.º aniversário.
Em Portugal, as Irmãs Clarissas de Sintra assinalaram esta data com uma homenagem à fundadora da ordem, Santa Clara de Assis. O momento auge da comemoração foi a Eucaristia, presidida pelo Frei Hermínio Araújo e concelebrada pelo Frei Fernando Mota e pelo Pe. Henrique Oliveira, na qual estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Dr. Fernando Seara e o Presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria e São Miguel, Eduardo Casinhas.
A concorrida festividade contou ainda com a participação do coro juvenil dos Arautos do Evangelho e transcorreu num clima de grande alegria.

2 Responses to 800 anos da fundação das Imãs Clarissas

  1. maria helena lopes says:

    Ir.Manuela,acabo de gravar uma mensagem para ti.Sou a “Ir. Cristina” do teu grupo de Coimbra.Encontro-me muito doente devido a complicação pós operatória ao joelho esquerdo.Há 6 meses que não ando e tenho dores horríveis.tenho sido alvo de diagnósticos errados e estive prestes a partir.Deus devolveu-me a vida mas ainda estou numa situação de perigo.A minha mãe tem 90 anos, vive comigo e eu não posso cuidar dela.Sempre foste alma de Deus e por isso peço que Lhe rogues me devolva a possibilidade de andar.Acredito no poder da oração.Deus te pague.Quando estiver melhor darei notícias.Maria Helena

  2. maria helena lopes says:

    Ir.Manuela,acabo de gravar uma mensagem para ti.Sou a “Ir. Cristina” do teu grupo de Coimbra.Encontro-me muito doente devido a complicação pós operatória ao joelho esquerdo.Há 6 meses que não ando e tenho dores horríveis.tenho sido alvo de diagnósticos errados e estive prestes a partir.Deus devolveu-me a vida mas ainda estou numa situação de perigo.A minha mãe tem 90 anos, vive comigo e eu não posso cuidar dela.Sempre foste alma de Deus e por isso peço que Lhe rogues me devolva a possibilidade de andar.Acredito no poder da oração.Deus te pague.Quando estiver melhor darei notícias.Maria Helena

Deixe uma resposta