Arautos em Portugal

Arautos do Evangelho – Associação Internacional de Direito Pontifício

By

Paróquia de São Cosme e São Damião em Gondomar assinala Festa de Santa Cecília com concerto-oração dos Arautos do Evangelho

A Igreja Matriz de Gondomar, na diocese do Porto, recebeu no dia 22, Festa de Santa Cecília, um concerto do Coro e Banda dos Arautos do Evangelho. O evento foi aberto com a entronização e coroação da Imagem do Imaculado Coração de Maria, pelas mãos do pároco, o Pe. Alípio Barbosa.

Nem o rigor do inverno diminuiu a enorme adesão do público local que acabou mesmo por lotar esta bela igreja no coração do município para assinalar o dia mundial da música com uma solene homenagem musical à Mãe de Deus.

By

Arautos: Retiro em Fátima

Nos dias 16 e 17 Novembro, os Arautos promoveram mais um retiro espiritual, que congregou, em Fátima, várias dezenas de participantes.

Dirigido pelo Pe. Jorge F. Teixeira Lopes, EP, o retiro teve como tema “Quem se fizer pequeno como uma criança, será o maior no Reino dos Céus” (Mt 18, 4). Versando sobre o tema da pequena via espiritual, estes dois dias decorreram sob um diversificado programa que intercalou palestras, períodos de meditação, círculos de estudo, adoração ao SS. Sacramento e Eucaristia diária.

By

Participe: Igreja Matriz de Gondomar acolhe concerto dos Arautos do Evangelho

Dia 22 de Novembro às 21h30 a Igreja de São Cosme e São Damião, em Gondomar, acolhe um Concerto do Coro e Banda dos Arautos do Evangelho. Neste dia de Santa Cecília os Arautos oferecem ao público um variado leque de músicas corais e instrumentais desde o multi secular canto gregoriano até às melodias barrocas dos mais consagrados autores.

Não perca esta oportunidade, mais que um concerto será uma homenagem a Maria Santíssima e seu Divino Filho. Participe!

By

Porto: Fiéis da paróquia de Valongo realizam de maneira solene a sua consagração a Nossa Senhora

Os Arautos promoveram na paróquia de Valongo, na Diocese do Porto, um curso de preparação para a Consagração a Nossa Senhora segundo o método do grande santo mariano S. Luís Maria Grignion de Monfort. A iniciativa culminou no passado Domingo com a Eucaristia presidida pelo pároco, Pe. Luís Borges Martins e concelebrada pelo sacerdote Arauto, Pe. Ricardo da Silva Queirós, EP, ao fim da qual os fiéis proclamaram de maneira solene a sua consagração a Jesus pelas mãos de Maria.

Esta devoção tem por objetivo estreitar os laços de união afetiva e efetiva dos fiéis ao Sagrado Coração de Jesus, através do Imaculado Coração de Maria, mãe e mestra espiritual de todos os cristãos, como também de renovar as promessas feitas no baptismo.

By

Évora: Missão Mariana dos Arautos do Evangelho

By

Setúbal: Arrentela comemora Nossa Senhora da Soledade

Estão a decorrer desde o passado dia 31 no Seixal as tradicionais festividades em honra de Nossa Senhora da Soledade de Arrentela.

As comemorações enquadram várias actividades religiosas e culturais, e têm o seu momento alto no grandioso cortejo realizado no Dia de todos os santos. Foi nesse dia do ano de 1755, logo após o grande terramoto que destruiu Lisboa, que o povo devoto levou para fora da igreja a imagem de Nossa Senhora da Soledade, em sinal de clemência, e viu as águas pararem diante da imagem da Virgem Maria. Desde então, há já 264 anos, comemora-se o dia em que a Senhora da Soledade defendeu das águas a povoação da Arrentela.

As cerimónias foram presididas este ano pelo Pe. Pedro Mariano, do Movimento Aliança de Misericórdia, acompanhado pelo pároco, Pe. Luiz Carlos Barbosa Júnior, da mesma congregação. Durante a procissão eles foram acompanhados ainda pelo anterior pároco, Pe.  Júlio Ferreira Vale e pelo padre Arauto, Pe. Jorge F. Teixeira Lopes, EP.  Os Arautos dos Evangelho fizeram também a guarda de honra da imagem de Nossa Senhora de Fátima.

A procissão trouxe mais uma vez às principais ruas da localidade uma impressionante manifestação de fé, expressa na fervorosa participação das confrarias, bandas, instituições, autoridades civis e militares, entre as quais o Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, e uma multidão de fiéis que nem o clima pouco favorável conseguiu demover de marcar presença naquela que é uma das maiores celebrações religiosas da região.