Arautos em Portugal

Arautos do Evangelho – Associação Internacional de Direito Pontifício

By

Corpo de Deus 2013: Cristo vivo no coração da cidade


No próximo dia 2 de junho, Domingo, a Sé Patriarcal de Lisboa acolhe, às 11h30, a celebração da Eucaristia na Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, popularmente conhecida como Corpo de Deus.

O Cardeal-Patriarca, D. José Policarpo, preside à celebração em honra do Santíssimo Sacramento da Eucaristia. Entre as 13h e as 16h, ainda na Sé, haverá Adoração do Santíssimo Sacramento.
A Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, que este ano tem como lema, em Lisboa, ‘Cristo vivo no coração da Cidade’, terá também a habitual Solene Procissão do Corpo de Deus, que tem início às 17h e que vai percorrer diversas ruas da cidade de Lisboa: Largo da Sé, Rua das Pedras Negras, Rua da Madalena, Rua dos Condes de Monsanto, Praça da Figueira, Rua da Prata, Rua da Conceição, Rua de Santo António da Sé e Largo da Sé.
Por volta das 18h30, no final da procissão, haverá, no Largo da Sé, a tradicional bênção.

Clique e assista ao resumo das celebrações em 2012

One Response to Corpo de Deus 2013: Cristo vivo no coração da cidade

  1. Dário Costa says:

    ò Verdadeiro Corpo do Senhor; nascido para nós da Virgem Mãe, Penhor da eterna glória prometida, Ó verdadeiro corpo do Senhor!
    Este é um dos cânticos de louvor entoados pelo Povo de Deus, na exposição do Senhor, no Dia do Corpo de Deus.
    Este ano de 2013, a convite de pessoas de fé, se Deus o permitir, irei participar na celebração do Corpo de Deus, na minha humilde terra Natal, onde fui batizado, fiz a primeira comunhão,aos 9 anos aprendi a ajudar à Missa em latim, e, naquela pequena igreja matriz, onde algumas vezes ajoelhei ao lado de minha saudosa mãe, que me ensinou a rezar. este ano, com 64 anos, irei participar no coral litúrgico, tocando o orgão o melhor que sei, para Glória de Deus.
    A seguir à Missa será realizada a procissão com o Santíssimo Sacramento, Corpo do Senhor, ao longo da Rua principal de Carvalho-Penacova, até ao fundo do lugar; depois de regressar à igreja, será dada a Benção do Santíssimo, através do reverendo padre Laudo, (Brasileiro) ao serviço de Deus e daquele povo, que reconhece nele um bom pastor.
    As procissões em Lisboa, ou noutros locais, são manifestações de fé: que elas contribuam, para louvar Nosso Senhor Jesus Cristo, presente na Eucaristia, que, como prometeu, estará connosco até ao fim dos tempos. Seja Louvado Nosso Senhor Jesus Cristo; para sempre seja louvado e sua Mãe Maria Santíssima. Dário Costa

Deixe uma resposta